Telefone:

218 540 690

Morada:

R. General Silva Freire, Lote C 1849-029 - Lisboa

Olivais a pé

Caminhar é a forma primária de deslocação das pessoas. Esta opção no dia-a-dia traz benefícios em termos de saúde, economia, de qualidade do ar e natureza, de usufruto do espaço público, com melhorias no bem-estar individual e da comunidade local. A JFO encontra-se empenhada em promover os modos ativos de deslocação – andar a pé ou de bicicleta pela freguesia. Este assunto torna-se ainda mais premente numa época pós-Covid-19, em que importa libertar espaço nos transportes públicos e romper com o sedentarismo que o confinamento e/ou teletrabalho podem intensificar. Caminhar é seguro e não aumenta o risco de contágio de outras pessoas no espaço público, desde que asseguradas as medidas de segurança recomendadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

 

Benefícios para a Saúde

Os passeios e caminhadas pela freguesia de Olivais, no fim de um dia de escola ou trabalho ou nos dias de descanso, são uma ótima solução para incrementar os níveis de atividade física, com grandes benefícios ao nível da sua saúde, economia local e para o ambiente.

 

Benefícios para o Ambiente

O setor dos transportes é responsável por uma grande parte das emissões de poluentes, como o dióxido de azoto (NO2) e as partículas inaláveis, que contaminam o ar que respiramos, bem como de Gases com Efeito de Estufa (GEE), como o dióxido de carbono (CO2) ou óxido nitroso (N2O), indissociáveis das alterações climáticas. Os transportes estão também na origem do ruído que afeta particularmente meios urbanos. Os modos sustentáveis de deslocação – caminhar, andar de bicicleta e/ou transportes coletivos contribuem para, não apenas, reduzir a poluição atmosférica e sonora, como contribui para alcançar várias outras metas associadas aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, de modo a promovermos, em simultâneo, o nosso bem-estar e a sustentabilidade do planeta.

 

Benefícios Socio-Económicos

Ruas seguras e tranquilas oferecem oportunidades para pessoas de todas as idades e géneros permanecerem socialmente conectadas e envolvidas. Este fator poderá ser particularmente útil em comunidades com muitas crianças, pessoas idosas ou vulneráveis. Nos Olivais, 12% da população residente são crianças até aos 14 anos e cerca de 30% da população tem 65 anos ou mais. A presença de pessoas nas ruas, a caminhar pelo bairro, ajuda a tornar essas zonas mais seguras e dá o exemplo para mais pessoas saírem de casa e caminharem pela freguesia, reduzindo o impacto do isolamento social, incluindo o sentimento de solidão, bem como melhorando a sensação de bem-estar e de coesão da comunidade local. Para além de atividade de lazer, caminhar é um meio de transporte, e pode ser utilizado para deslocações utilitárias, como ir às compras. Quando utilizamos modos ativos para ir às compras (a pé ou de bicicleta), temos tendência para adquirir os produtos em mercados e lojas do bairro. Desta forma, apoia-se a economia local, reduz-se a distância e tempo das nossas deslocações, dando-nos tempo para o que realmente importa.

 

Olivais a Pé

Sabia que pode percorrer a freguesia de uma ponta à outra a pé em pouco tempo? Veja no mapa quanto tempo demora entre diferentes troços dos Olivais!

 

Mobilidade escolar

Sabia que as escolas da freguesia estão próximas de ciclovias, paragens de autocarros e/ou estações de metro? Confira no mapa como ir para a escola utilizando transportes públicos ou velocípede.

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •